Campo Grande / MS Segunda-feira, 27 de Setembro de 2021

Escolha sua cidade

Campo Grande Água Clara Alcinópolis Amambai Anastácio Anaurilândia Angélica Antônio João Aparecida do Taboado Aquidauana Aral Moreira Bandeirantes Bataguassu Batayporã Bela Vista Bodoquena Bonito Brasilândia Caarapó Camapuã Caracol Cassilândia Chapadão do Sul Corguinho Coronel Sapucaia Corumbá Costa Rica Coxim Deodápolis Dois Irmão do Buriti Douradina Dourados Eldorado Fátima do Sul Figueirão Glória de Dourados Guia Lopes da Laguna Iguatemi Inocência Itaporã Itaquiraí Ivinhema Japorã Jaraguari Jardim Jateí Juti Ladário Laguna Carapã Maracaju Miranda Mundo Novo Naviraí Nioaque Nova Alvorada do Sul Nova Andradina Novo Horizonte do Sul Paraíso das Águas Paranaíba Paranhos Pedro Gomes Ponta Porã Porto Murtinho Ribas do Rio Pardo Rio Brilhante Rio Negro Rio Verde de Mato Grosso Rochedo Santa Rita do Pardo São Gabriel do Oeste Selvíria Sete Quedas Sidrolândia Sonora Tacuru Taquarussu Terenos Três Lagoas Vicentina

Notícias / Educação

06.05.2021 às 17:13 - Atualizada em 06.05.2021 às 17:20

Clodoilson Pires abraça campanha contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Assessoria de Imprensa

Engajado na campanha ‘Diga Não ao Silêncio’, o vereador Clodoilson Pires (Podemos) recebeu nesta quarta-feira (5) a camiseta da campanha que é encabeçada pelo projeto Segunda Casa. A ação faz parte do Maio Laranja, uma iniciativa nacional que visa o combate contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. O disque 100 é uma das ferramentas de denúncias.

“É um tema muito sensível e que deve ser abraçado por toda a sociedade. Recebi a camiseta e já convidei mais agentes políticos para participarem desse movimento junto comigo. Se toda a sociedade estiver ciente e ativa, os casos de exploração e abuso sexual só tendem a cair, e assim aumentamos a proteção de nossas crianças e adolescentes”, pontuou o vereador.

Conforme a administradora do projeto Segunda Casa, Zaira Lancine, o Maio Laranja simboliza a luta contra o abuso e a exploração sexual infanto-juvenil no Brasil. Dia 18 de maio é o dia específico, ou seja, o dia D, mas o mês de maio todo é utilizado para sensibilizar ainda mais as pessoas sobre essa data tão importante.

“O Projeto Segunda Casa está engajado nessa campanha principalmente porque acolhe crianças e adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual em Campo Grande. O Projeto dá toda assistência necessária para que essas crianças e adolescentes tenham moradia, enquanto elas estão afastadas do convívio familiar”, completou Zaira.

Projeto Segunda Casa 

Atualmente o projeto conta com 35 crianças e adolescentes morando na Segunda Casa. Essas crianças estão acolhidas em casas alugadas pelo projeto em bairros residenciais da Capital. Um dos objetivos do projeto Segunda Casa é ter a sede própria. O Projeto Segunda Casa já possui a área para construção e está com uma campanha de doação para levantar recursos.

Quem quiser colaborar com a campanha de doação pode entrar em contato com a Segunda Casa pelo WhatsApp 67 99637-0420. Também poderão ser doados materiais de construção, como por exemplo, cimento, pedra, areia e tijolos.

 

Assessoria de Imprensa


Comentários
informe o texto a ser procurado
Voltar ao topo